Aula Texto | Emprego correto das palavras

|

Hello Hello!

Sou a Modified Universe, ou Andie, me chamem como preferirem. 

Bom, essa é a minha primeira aula aqui, e também por ser a primeira de texto, resolvi trazer o emprego correto das palavras que, por muitas vezes, podemos confundir. Por isso, trouxe as palavras que mais confundem as pessoas na hora de desenvolver uma narrativa, com seus significados e alguns exemplos. 

Let's go, students!

MAS: Este termo pode ser substituído por “contudo, todavia, entretanto, não obstante, no entanto, pois’’.
Exemplos: Maria diz gostar de Pedro, mas tem medo de dizer a ele.
Ele disse que gostava de mim, mas não pode ficar comigo

MAIS: Expressa ideia de intensidade; quantidade.
Exemplos: Eu era mais esperta quando mais nova. 
Demi Lovato está mais uma vez no Brasil.

MAL: É advérbio, antônimo de bem.
Exemplo: Laura foi embora da festa, pois estava se sentindo mal.(mal ≠ bem) 

MAU: É um adjetivo, antônimo de bom.
Exemplo: Ele fez mau uso do seu dinheiro. (mau ≠ bom)

SOB: É uma preposição empregada em situações em que seu significado corresponde a “embaixo de”, “em estado de”.
Exemplo: Os pássaros voam sob o mesmo céu.

SOBRE: É uma preposição empregada em situações em que seu significado corresponde a “em cima de”, “acima de” ou “a respeito de”.
Exemplo: Ele pousou suas mãos sobre o seu rosto.

ESSE: É usado para retomar um termo, uma ideia ou uma oração já mencionados.
Exemplo: A terra gira em torno do Sol. Esse movimento é conhecido como translação.

ESTE: Introduz uma ideia nova, ainda não mencionada.
Exemplo: Este ato só mostra o quão ignorante ele consegue ser quando está lado de seus amigos.

POR QUE: Este termo tem dois empregos diferentes. Quando for a junção da preposição por pronome interrogativo ou indefinido ‘’que’’, possuirá o significado de “por qual razão” ou “por qual motivo”:
Exemplos: Por que você não vai ao cinema? (Aqui, tem o significado de por qual razão)
Não sei por que não quero ir. (Já aqui, por qual motivo)

PORQUE: É explicativo, ou seja, pode significar “pois”, “uma vez que”, “para que”.
Exemplos: Não fui a escola hoje porque tenho que estudar para a prova. (aqui ele significa pois)
Não converse durante a aula porque prejudicará você mesmo. (Aqui, pode significar uma vez que)

POR QUÊ: Usa-se quando vier antes de um ponto, seja ele final, interrogativo ou exclamação. O por quê deverá vir acentuado e irá continuar com o significado de “por qual motivo” ou “por qual razão”.
Exemplo: Vocês não foram a escola hoje? Por quê?

PORQUÊ: Tem significado de “o motivo”, “a razão”. Geralmente, vem acompanhado de um artigo, pronome, adjetivo ou até mesmo numeral.
Exemplos: O porquê de não estar conversando é porque quero estar concentrada. (Aqui, é um motivo)
Diga-me um porquê para não fazer o que devo. (Já aqui, uma razão)

Espero que tenham e que, principalmente, tenha lhes ajudado, de alguma forma. 
Volto logo com mais uma aula. 

Com amor, Modified Universe



2 comentários:

  1. Adorei! Me ajudou muito, e mesmo sendo coisas simples são coisas que a maioria das pessoas confundem >.o

    ResponderExcluir
  2. Adorei! Me ajudou muito, e mesmo sendo coisas simples são coisas que a maioria das pessoas confundem >.o

    ResponderExcluir